Rapidinha em Buenos Aires

Eu já contei um pouquinho aqui  sobre um dos lugares incríveis que tive o privilégio de conhecer: O Fim do Mundo: Ushuaia, Argentina.

O que eu ainda não contei foi sobre a minha rapidinha em Buenos Aires 😀

Relembrei hoje minha viagem à terra dos nossos queridos Hermanos e bateu uma saudade… Então decidi escrever!

Na volta de Ushuaia  eu teria um dia livre na capital Argentina, pois cheguei à noite no Aeroporto e saí no dia seguinte também à noite de volta ao Brasil.

Amigos (maravilhosas conexões de Couchsurfing!) me pegaram no Aeroparque e fomos dar umas voltas pela noite da capital, que não durou muito pois tinha de acordar cedo no dia seguinte pra aproveitar minha rápida estadia.

Em apenas um dia em Buenos Aires, bati minha meta de prioridades na capital:

  • Cemitério da Recoleta: Fica no Bairro Recoleta, que já é um espetáculo: bonito, limpo e arquitetura bem conservada. O cemitério mais famoso da América  e um dos mais visitados do mundo – onde até hoje argentinos choram junto túmulo do ícone Evita Perón e outros heróis e celebridades do país – abriga diversos mausoléus fúnebres e é um dos locais que atrai mais turistas na capital. Ao lado do cemitério tem uma igreja lindíssima também que vale a pena conferir.
  • Caminito: O famoso Caminito no Bairro La Boca é um local alegre e divertido, onde pude conferir show de tango ao ar livre, várias opções de gastronomia local e construções coloridas por todos os lados. Esse bairro também acomoda o estádio da paixão nacional, Boca Juniors, o qual não visitei devido ao tempo escasso. O Bairro La Boca é mais periférico, então você encontra muitas pessoas nas ruas, em alguns locais pode haver lixo espalhado e odores desagradáveis, mas nada que tire o brilho do clima portenho local.
  • Casa Rosada: A sede da presidência da república argentina fica em frente à Plaza de Mayo e é uma construção belíssima e imponente, que honra sua destinação. O Museu da Casa do Governo fica anexo à sede, porém no dia em que estive por lá (31/12) estava fechado e eu também sem tempo para visitação. Desde a Plaza de Mayo é possível ter uma visão panorâmica bem legal da Casa Rosada.
  • Obelisco Avenida Nueve de Julio: bem próximo a Casa Rosada, cerca de 10 minutos de caminhada, fica a famosa Avenida Nove de Julio, que abriga o monumento Obelisco, outro ícone da cidade, que foi construído no tempo recorde de 31 dias por uma empresa alemã. Constituído de uma torre de 67 metros, foi o local onde pela primeira vez hasteou-se a bandeira Argentina em Buenos Aires, na antiga igreja de São Nicolau de Mira.

Caminhei mais 10 minutos até o Café Tortoni, onde tive indicações de que seria um dos locais imperdíveis da cidade, porém havia uma fila gigantesca e eu não estava disposta, então terminei o dia lanchando um café com alfajores deliciosos num dos únicos locais abertos que encontrei, por ser véspera de ano novo.

Penso que minha rapidinha em Buenos Aires valeu super a pena, pois deu pra conhecer os lugares que eu mais tinha vontade e deixou um gostinho de quero mais!

Quem sabe volte em breve?!

 

Gracias, Argentina!

 

Fotos de Buenos Aires no Insta! Segue lá! 😉

Um comentário em “Rapidinha em Buenos Aires

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s