O que você faria se não tivesse medo?

Tenho pensado muito em quantos planos já adiei por MEDOS disfarçados de desculpas esfarrapadas que não convencem sequer a mim mesma. Dessas intermináveis reflexões (e de algum post bonitinho no Instagram) veio a questão: O que eu faria se não tivesse medo?

Vamos começar com o medo, segundo o dicionário (sou dessas):

me·do – substantivo masculino

1. Estado emocional resultante da consciência de perigo ou de ameaçareaishipotéticos ou imaginários. = FOBIAPAVORTERROR

2. Ausência de coragem (ex.: medo de atravessar a ponte). = RECEIOTEMOR ≠ DESTEMOR,  INTREPIDEZ

3. Preocupação com determinado fato ou com determinada possibilidade (ex.: tenho   medo de me atrasar). = APREENSÃORECEIO

Sendo um estado emocional que nos alerta para o perigo ou ameaça, um pouquinho de medo tem lá seus benefícios na vida da gente, pra que evitemos nos expôr a situações de extremo risco sem necessidade ou no mínimo, com proteção. O problema está justamente quando esses alertas surgem para perigos que existem apenas em nossa imaginação: aí está a face terrível do medo. Temos uma habilidade incrivelmente boa para criar situações imaginárias e nos privar de viver experiências lindas por medos incabíveis, absurdos, cuja probabilidade de que a situação temida ocorra é ínfima.

Essa ausência de coragem nos impede de realizar o nosso melhor, por receio de fracassar. Deixamos de sorrir, amar, nos doar, com medo de não sermos correspondidos. Isso é mais que perda de tempo, é perda de vida!

Quantas coisas a gente já deixou de fazer por medo de errar? “Ah, e se não der certo?” Vamos aprender com o erro. “Ah, e se eu cair? E se eu me machucar? E se eu encontrar alguém mal intencionado no caminho? E se meu chefe me repreender? E se meus pais não aprovarem? E se meus amigos se afastarem? E se eu me arrepender?”  Dá pra perceber que são milhares de suposições às quais teremos dúvidas eternas EXCETO se de fato tentarmos?

Minha estatística empírica aponta que 99% dos medos que temos são de coisas que nunca, JAMAIS, irão de fato acontecer. E são esses 1% que nos paralisam? Duvido. Não é o que a mesma pesquisa relata.

Se a gente parar pra pensar de verdade, com honestidade, sobre o que nos impede de realizar os nossos planos e sonhos, os medos de fracasso e/ou de julgamento por parte da família, amigos, sociedade estarão disparados nos #top3 motivos para continuar levando uma vida meia boca e sem sentido só por ser socialmente aceita.

A gente deveria lembrar todos os dias, olhando no espelho, que nossa felicidade é obra própria, única e individual. Se tiver sucesso ou fracasso, a única pessoa a quem deve explicações é você mesmo. Depois de se perdoar e seguir em frente – em caso de fracasso, ou de deitar e rolar em comemorações pelo sucesso, perceberá a dor ou a delícia de realizar o que viemos pra realizar nesse mundo.

Pra finalizar, vamos à coragem:

co·ra·gem – substantivo feminino

1. Firmeza de ânimo ante o perigoos revesesos sofrimentos.

2. [Figurado]  Constânciaperseverança (com que se prossegue no que é difícil de conseguir).

Observe que o medo é a ausência de coragem, mas o contrário não é valido.
A coragem não é ausência de medo. É a capacidade de continuarmos caminhando, mesmo com medo, em direção aos nossos maiores objetivos e sonhos. A coragem é ULTRAPASSAR a barreira do medo. Enxergar o medo e colocá-lo em seu devido lugar. IMPOR que sua vida não é regida por ele, e sim, que você é capaz de enfrentá-lo.
Que saibamos encarar nossos medos em busca do que desejamos, pois “as melhores coisas da vida estão do outro lado do medo”.
Inspiração:
Fonte:
By
@marythamara

4 comentários Adicione o seu

  1. Raquel Nubia disse:

    O que eu faria se não tivesse medo?
    Provavelmente investiria em um consultório particular e dividiria meu tempo de forma igual entre a Psicologia e a arte da escrita e da música que tanto me dão prazer…
    Abraço!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Que alegria Raquel, espero que vença seus medos e realize o que te dá tanto prazer! Abraços! 😘

      Curtir

  2. ianziito_ disse:

    Eu investiria em minhas viagens pelo mundo! Viver e ter o prazer lugares novos e pessoas pelo mundo 😁

    Curtido por 1 pessoa

    1. Compartilho desse desejo Ian! Bora superar o medo? 😀

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s